quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Solidariedade como forma de amor!

Talvez o título deste post fosse melhor se fosse "Solidariedade como forma de demonstrar amor!"

Gente, não é de hoje que nos comovemos com iniciativas aqui e ali de solidariedade, e com o boom da internet elas tem se espalhado mais rápido, o que é ótimo, porque nos mostra que, em meio à políticos fichas suja; crimes hediondos; animais abandonados, e tantas outras barbaridades, ainda há esperança.

Pelo menos quando EU vejo uma demonstração de amor assim, eu penso comigo mesma "ainda tem gente boa no mundo!" e isso me comove.

Quem não lembra daquela classe de alunos que raspou a cabeça como forma de se solidariezar com o colega que estava fazendo quimioterapia?

E, também, casos que estão se popularizando nas redes sociais de solidariedade e iniciativas despretensiosas, como:


Ok, mas ontem, navegando por aí, fui surpreendida por uma atitude dessas que me fez ficar com os olhos marejados, feito um desses face troll:
Se você é emotivo (a) como eu, pegue sua caixinha de lenços, ai vai a historia:
Jacob é um menininho de 5 anos que tem Diabetes tipo 1, tratada desde 2009 com injeções de insulina diária. Desde então, os pais deles criaram uma pulseirinha escrito "Juntos por Jacob" para arrecadar fundos para comprar uma bomba de insulina para o garoto e conseguiram!
Bem, a bomba de insulina foi presente de Natal do garotinho e ele ficou muito feliz com isso!
Mas, como toda criança de 5 anos, não entendia muito bem o motivo pelo qual só ele usava essa bomba e nenhum outro coleguinha - se sentia diferente.
Os pais poderiam levá-lo a um psicólogo, poderiam chorar com ele, poderiam ter deixado que ele se sentisse mesmo diferente sozinho, mas não...

Eles tatuaram uma bomba de insulina na barriga de cada um!
Na verdade, nenhum pai quer que seu filho se sinta excluído, por isso, não pensamos duas vezes antes de fazer essa demonstração de amor a ele. Agora, cada vez que alguém pergunta o que Jacob carrega embaixo da camiseta, nós três levantamos a blusa e respondemos: uma bomba de insulina”, conta Camille, mãe de Jacob.
Note a frase na barriga do pai: "Para sempre conectados".

Bom, essa foi uma BAITA DOSE DE AMOR pra mim, espero que tenha sido também para você!

4 comentários:

Fran disse...

amei. emocionei-me. chorei. acho que tais demonstrações nos fazem pensar que nem tudo está perdido... graças a Deus!

Aline Tolotti disse...

Eu li isso nos noticiários da semana, linda história mesmo. Salve todo esse amor intransmutável entre pais e filhos. Essa coisa única e mágica que nós, mesmo que só na posição de filhas ainda, sabemos da grandeza.
lindo post amiga. ações como essas devem ser sempre relembradas mesmo!
beijoca.

Dea disse...

Muito emocionante mesmo essa história!
beijos

alessandranava.com disse...

muito lindo mesmo....

beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...