segunda-feira, 20 de outubro de 2008

BOTA PRA FAZER!


BOA NOTÍCIA:

O Sebrae, juntamente com e outras instituições privadas tomaram uma das mais lindas iniciativas do ano:

O "Bota pra fazer"!


O Bota pra Fazer é um projeto que visa alavancar idéias de empreendedores que estão nas gavetas, esquecidos, ou até mesm
o...desacreditados.

Levando em consideração que Empreendedor é aquele que bota pra fazer, achei legal a iniciativa de apoiar pessoas assim, como eu... que tem uma idéia mas não
sabem o rumo para colocá-la em prática... No portal do Bota pra Fazer (www.botaprafazer.org.br) tem artigos, vídeos de palestras, e uma agenda riquíssima de eventos que darão apoio à essas pessoas. Nem que seja apenas para formar um network.

Gente, isso é bárbaro...reclamamos tanto da falta de oportunidades, quando na verdade ninguém dá oportunidade pra ninguém. Nós é que fazemos a nossa chance!
Quem de nós nunca falou numa entrevista de emprego ou ao tentar conquistar uma garota: - "Um dia ainda serei meu próprio patrão..." E aí, desistiu? EU NÃO

Vamos nessa, vamos botar pra fazer e mudar o que não estamos satisfeitos. Se você tem uma idéia, acredite nela! Afinal, como você vai vender pros outros depois? rsrsrsrrs
A Semana Global do Empreendorismo está chegando (17 à 23/11) e muitas "oportunidades" surgirão...intere-se! No momento em que vivemos, quem não está com medo do que está acontecendo no mundo, é porque não está entendendo nada...rsrsrsrrsrs (Site pra se preparar: www.tiresuasideiasdopapel.org.br)

Tem uma frase linda que diz que
o cara que alcançou o impossível o fez apenas porque não sabia que era...


Cara! Se a nossa vida é uma empresa, nossos empregados são nossos patrões, nossos clientes são os nossos amigos! Já pararam pra pensar nisso! É verdade...são os patrões que nos ensinam (mesmo que seja o errado - aprendemos o que não fazer)...e que nos empurram pra frente!
E os amigos? Se eles compram uma idéia nossa, ficamos confiantes, mas...se um deles duvida, questiona, critica, damos uma importância enorme!

Bom, pelo menos comigo é assim!


Galera, espero que na empresa da minha vida, vocês (meus amigos-clientes) me apóiem e me critiquem...mas nunca, nunca desistam de chegar no
topo: pois é lá que a gente vai se encontrar!

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Use Filtro Solar

to...você já deve conhecer, mas nunca é demais ler - quase dá pra ouvir a voz do Pedro Bial ...
Use Filtro solar
Se eu pudesse dar um conselho em relação ao futuro, eu diria:"usem filtro solar". O uso em longo prazo do filtro solar, foi cientificamente provado. Os demais conselhos que dou baseiam-se unicamente em minha própria experiência. Eu lhes darei esse conselho:
Desfrute do poder e da beleza da sua juventude. Ou, esqueça...
Você só vai compreender o poder e a beleza quando já tiverem desaparecido. Mas acredite em mim. Dentro de vinte anos você olhará suas fotos e compreenderá de um jeito que você não pode compreender agora quantas possibilidades se abriram para você e o quão fabuloso você era... Você não é tão gordo(a) quanto você imagina.
Não se preocupe com o futuro. Ou se preocupe, mas saiba que se preocupar é tão eficaz quanto tentar resolver uma equação de álgebra mascando chiclete. É quase certo que os problemas que realmente têm importância em sua vida, são aqueles que nunca passaram pela sua mente, tipo aqueles que tomam conta da sua mente às 4 horas da tarde de uma terça-feira ociosa.
Todos os dias faça alguma coisa que te assuste. Cante. Não trate os sentimentos alheios de forma irresponsável. Não tolere aqueles que agem de forma irresponsável em relação aos seus sentimentos.
Relaxe. Não perca tempo com inveja. Às vezes você ganha, às vezes você perde. A corrida é longa, e no final, tem que contar só com você.
Lembre-se dos elogios que você recebe. Esqueça dos insultos. (Se você conseguir fazer isso, me diga como...) Guarde suas cartas de amor. Jogue fora seus velhos extratos bancários. Estique-se.
Não tenha sentimento de culpa por não saber o que você quer fazer da sua vida. As pessoas mais interessantes que eu conheço não tinham, aos 22 anos, nenhuma idéia do que fariam na vida. Algumas das pessoas interessantes de 40 anos que eu conheço ainda não sabem.
Tome bastante cálcio. Seja gentil com seus joelhos. Você sentirá falta deles quando não funcionarem mais.
Talvez você se case, talvez não. Talvez tenha filhos, talvez não. Talvez você se divorcie aos 40. Talvez você dance uma valsinha quando fizer 75 anos de casamento. O que você fizer, não se orgulhe, nem se critique demais. Todas as suas escolhas tem 50% de chance de dar certo. Como as escolhas de todos os demais.
Curta seu corpo da maneira que puder. Use-o de todas as formas que puder. Não tenha medo dele ou do que as outras pessoas pensam dele. Ele é o maior instrumento que você possuirá. Dance. Mesmo que o único lugar que você tenha para dançar seja sua sala de estar.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Palavras

Já reparou como algumas palavras de nosso
cotidiano perderam a força?

Por exemplo: doutor. Hoje qualquer um é
chamado de "doutor".
Basta estacionar o carro
no estacionamento e lá vem o
manobrista: "- Deixa comigo, doutor!"
Ou Deus. Hoje é uma palavra usada como adjetivo, pasmem!
Como: "-Aquele modelo é um deus!"
E as expressões? Quando paro pra ouvir de verdade o que as
pessoas dizem, acabo indignada. Até mesmo com o que eu digo...
a gente maximiza os fatos, se o texto é curto, a gente aumenta,
coloca mais preposições, adjuntos adverbiais, procura palavras
difíceis para criar uma maior seriedade àquilo que é dito, e o
pior de tudo é que convence! À muita gente, mas não à mim!

A palavra dita tem um peso que é eterno, ela dura
pra sempre, na mente de quem ouve.
Mas, na mente de
quem fala ou escreve, não. Tem gente que fala sem
responsabilidade, fala por falar, discursos e discursos...
lindos, comoventes, convincentes. Mas que, no fundo, nem a
pessoa que fala acredita mesmo naquilo.

Hoje as pessoas se admiram com isso: com o que soa. Você pode
até xingar alguém sem soar exatamente um "xingamento" e aí, se
a pessoa se ofender, não foi isso o que você quis dizer.
Mas disse. E não há como voltar.

Quando falamos sem pensar, saem as maiores besteiras, que nem
você mesmo esperava. Bom, comigo pelo menos é assim. E essa é
a graça da fala, porque
para cada palavra dita existem
pelo menos umas 10 para desdizer.


E eu me espanto com pessoas que, pior do que falar palavras
vazias, acreditam realmente nela. Como por exemplo: discursam
muito bonito...mas se você para pra observar, suas atitudes não
dizem o mesmo. Sabe aquela criança que não quer parar a
brincadeira, está agarrada ao amiguinho e ainda assim fala:
"-Me solta, me solta!"

É isso aí...na boca uma postura, na atitude outra. Só que no
mundo dos adultos é outra coisa. É mais ou menos assim:
"-Eu sou super empática, dou minha roupa do corpo para os
outros..." e aí, se investigamos a fundo com certeza acharemos
um monte de roupas no seu armário que não lhe servem mas tem
"valor sentimental". Bah! Pura falsidade, aparência!

A palavra, em si, não tem culpa nen
huma. Ela faz o
papel dela em todas as situações, depende de como a usamos.
"nunca" pode significar "sempre", quer ver? "-Eu nunca fiz
tal coisa." poderia ser "-Eu sempre quis fazer tal coisa."
Rsrsrsrrsrsr essa foi brincadeira...no sentido real da palavra,
não aquela "brincadeira" que usamos pra nos proteger de
uma besteira dita.

Acho que o grande lance é avaliarmos as pessoas
pelas suas atitudes, e não pelas palavras camufladas
no meio de tantas lacu
nas...





sábado, 6 de setembro de 2008

Montanha-russa


Tem horas que parece que o tempo é meu inimigo... queria que ele parasse, me desse um tempo. Parece que minha vida é uma montanha-russa que travou no looping... tô ficando enjoada já.

Tem coisas que nos acostumamos a fazer, e depois, pra parar é bem mais difícil... recomeçar é um processo doloroso. Mas necessário. Enquanto algumas coisas não mudarem, não vou sair desse looping infernal, eu sei. Mas calma...estou tentando. Já me cobro demais para isso.

Preciso disso.


A auto-cobrança me leva à novos caminhos, novas posturas e novas atitudes. Mas me cega também. Tento mudar o que tenho pra mudar, mas sem levar tudo tão à sério. O meu sucesso só depende de mim, então ótimo! Vou no meu ritmo, conhecendo cada curva dessa montanha-russa... Me divertindo e me assustando de vez em quando... mas de braços abertos.

Tem gente que parece que já vem vacinada, como se tivesse tomado algum remédio pra enjôo antes ou como se já soubesse onde a curva vai apertar... eu não tenho todas essas experiências, e talvez por isso, eu erro. Erro todo dia, com todo mundo, comigo mesma...

Erro o caminho, erro a letra, erro o momento, erro o alvo... Mas tudo bem! Já errei a boca, e hoje não erro mais! Acho que este é um bom sinal... pois, mesmo sem ter essa vacina (essa preparação pra tudo) já aprendi algumas coisas. E continuo...



O que não posso é parar, mesmo que às vezes tenha vontade, não dá. Luto com minha própria vontade. E decido continuar...

... mesmo enjoada!

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Débora por Débora

Sou uma violenta e doce luta contínua pelo perfeito e lindo, ambígua em todos os sentidos, não é incomum supreender alguém que (acha) que me conhece.

Amigos de infância? Não os tenho. (Essa figura ao lado é meu amigo mais antigo...tenho desde os 10 anos!!! "Sansão") Raízes? Muitas...nasci no Rio de Janeiro (RJ), passei grande parte da minha infância em Brasília (DF), morei em 15 lugares, estudei em 11 ou 12 escolas, não me lembro bem... conheço muita gente e já fiz de tudo um pouco... Estou sempre me reinventando! Ouço diferentes opiniões, assim formo a minha: diferentes pontos de vista constróem um novo ponto de vista.

Acredito no amor, na família e na fé como força vital da vida.

Detesto coisas vazias: mentes vazias, pessoas vazias, garrafas vazias, etc... Me considero tolerante, apesar de ser bem crítica e radical em alguns pontos...tenho uma péssima memória(por isso, quando me lembro de algum fato importante, comemoro!).

Me viro bem sozinha, e sou bem adaptável (talvez por todo o histórico dito acima). Apesar de me desprender com facilidade das coisas, não descanso em situações mal(não)-resolvidas.

Gosto de ajudar as pessoas, e tive a sorte (termo que não uso muito...) de conhecer pessoas boas, amigas e sinceras. A vida não é fácil pra ninguém, mas a minha é muito confusa...por isso tenho o "orgulho" de dizer que tudo o que conquistei na vida, o fiz por mérito próprio e ajuda de Deus - que colocou pessoas certas na hora certa e me deu oportunidades (nem sempre bem-aproveitadas). Mas não me arrependo (muito) não... ainda tenho tempo de fazer a diferença na vida de um número suficiente de pessoas para produzir uma mudança positiva no país e no mundo (MINHA MISSÃO).
Passei por muita coisa, mas muitas ainda estão por vir...e é aqui que quero compartilhar com vocês essas novas (e boas-espero!) experiências.


sábado, 16 de agosto de 2008


O Caminho das Pedras
Por Weder de Assis

Durante quase toda a minha vida convivi com pessoas de todas as classes sociais, culturais e financeiras. Deparando-me com pessoas vencedoras e derrotadas. Neste período sempre me perguntei qual a diferença dos vencedores e dos derrotados. Pois a diferença não estava nas amizades, na conta bancaria, nos amigos influentes, no trabalho ou no salário. Após ouvir, ver e conviver com estes dois tipos de pessoas durante muito tempo cheguei à conclusão que existe um caminho das pedras dos vencedores. E este caminho não está no exterior, mas, sim no interior das pessoas. Por isso você que está lendo este artigo pode começar agora mesmo a trilhar este caminho e mudar a história da sua vida tornando-se um vencedor e uma pessoa bem sucedida.


Assuma a responsabilidade.
Em uma sociedade em que as pessoas culpam todo mundo desde os pais até o governo pelo seu fracasso, os vencedores não aceitam o papel de vítima. Seu lema é: “Só depende de mim”.Eles percebem que, ao dizer que alguém ou algo além de você mesmo o está impedindo de atingir o sucesso, você está entregando seu poder de bandeja. Está dizendo: “Você tem mais controle sobre a minha vida do que eu mesmo”.Os vencedores entendem que você não pode controlar certos elementos da vida, como, por exemplo, a natureza, o passado e as pessoas. Mas pode controlar os próprios pensamentos e ações. Assumir a responsabilidade pela sua vida é uma das atitudes que mais promovem a realização pessoal.

Viva de Propósito.
Talvez o que mais distinga os vencedores das outras pessoas seja o fato de eles viverem a vida com propósito, fazendo o que acreditam ter nascido para fazer. Ter um objetivo na vida é o elemento mais importante no processo para se tornar uma pessoa que explora todo o seu potencial. Pois evita uma vida de círculos.Não viver segundo seus propósitos consiste em fazer apenas o esforço suficiente para ir levando a vida, com o mínimo de dificuldade e problema possível. Mas quando você tem propósito, sua maior preocupação é fazer bem seu trabalho. Como viver com propósito? Encontrando uma causa em que você acredite.

Escreva um plano.
Tentar alcançar seus objetivos sem um plano de ação é como tentar dirigir numa estrada desconhecida sem um mapa. O tempo, a energia e o dinheiro gastos provavelmente o farão desistir muito antes de chegar. Os objetivos que não vão para o papel não são objetivos. São meras fantasias.Com um mapa nas mãos, contudo, você vai aproveitar a viagem e chegar ao seu destino o mais rápido possível.

Pague o preço.
Não há nada de errado em querer uma bela casa, um carro zero, um cargo de chefia ou um alto salário no fim do mês. O problema é que praticamente todo mundo deseja isso. Mas os vencedores descobrem quanto custa realizar o sonho. E depois o fazem acontecer. Sem reclamar do trabalho que dá.

Nunca desista.
Pode soar obvio, mas quando você está genuinamente comprometido com seu objetivo, desistir nem passa pela sua cabeça. É preciso estar disposto a fazer o que quer que seja para alcançá-lo. Passe a maior parte possível do seu dia trabalhando por seus sonhos e objetivos. Perguntando a si mesmo? O que eu estou fazendo agora está me aproximando ou me afastando do meu objetivo? Se não, faça algo que esteja.

Não demore.
Lembre-se: não vivemos para sempre. Os vencedores sabem muito bem disso, mas em vez de ver esse fato como negativo ou deprimente, usam-no como estímulo. E vão atrás do que querem, realizando os sonhos com energia e paixão. E você pode fazer o mesmo...

* Weder de Assis é Autor do livro “Espírito e Coração de Vencedor” e Treinador Comportamental nas áreas de Motivação e Desenvolvimento da Capacidade e Excelência Humana, realiza palestras há dez anos. Apresenta o quadro “Potencialize seu Futuro” no Programa Ação & Reação (TV Santa Cecília - Santos/SP), todas as terças-feiras. Destaca-se pela sua Oratória de Alto Impacto, bem-humorada e prática, inspirando pessoas a desenvolver suas Habilidades e Talentos para alcançar suas Metas Profissionais e Pessoais.
Texto extraído do site www.rumoaosucesso.com.br

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Elevador de serviço


Eu sei, faz muito tempo que não posto...não me faltou assunto, pode ter certeza. Sabe como é a vida...às vezes me deixa...atordoada e confusa.

Foi num dia comum, me sentindo assim que de repente me deu um estalo! Que falta faz tirar um tempo p/ si e se desligar de tudo...esvaziar a cabeça, se é que é possível...ou chegar o mais próximo disso. É importante não fazer nada! Não estou dizendo isso para trazer razão para meu ócio, porque eu sei que você deve ter muito o que fazer (diferente de mim no momento) mas é porque realmente é importante.
Pense: tudo o que acontece na sua vida tem um motivo especial, e, só sendo muito chocante o acontecimento ou só estando no ócio é que se percebe essas coisas. Como por exemplo aquele dia que me cortei na mão...1 semana de empresa e me acontece aquilo! E quando se perde um ônibus ou encontra algo que não é seu e, ao devolver p/ o dono encontra um oportunidade! As coisas acontecem na vida porque tem que acontecer, pq vc fez um escolha p/ que ela acontecesse. Mas é preciso esvaziar-se de tudo para poder enxergar, inclusive as pequenas coisas.
Esses dias me vi no elevador de serviço do meu prédio e tive uma viagem mental que me deu a idéia que penso ser a alavanca para meu sucesso profissional. P/ contar essa história é preciso contextualizá-lo com o elevador de serviço. O elevador de serviço é todo revestido po uma capa almofadada (p/ não arranhar), como um quarto de hospício sabe? claro que sabe... Então, e nele, diferente do elevador social, é possível se desligar, porque ele não tem espelho...não tem nada, absolutamente nada p/ se fazer. E, estando naquele momento de ócio forçado, eu tive minha viagem mental. Quando se esquece de tudo, a gente se lembra de algumas idéias esquecidas em nossa mente... e aí lembra de outra... e de outra... de repente as coisas começam a fazer sentido e o estalo vem! Aqueles 60 segundos se tornaram um momento longo e confortável, em que me conectei comigo mesma. Sem me precoupar com nada, porque no momento do elevador, só se pode esperar, nem com ninguém, pois estava sozinha...ali pude ficar à vontade, reclinar a cabeça, afrouxar o zíper, me desprender de toda a pose, e .... simplesmente .... pensar!
No sentido mais profundo da palavra...refletir mesmo!
Recomendo que o faça também! Entre no elevador de serviço (no sentido figurado da palavra), mas, se quiser me visitar e não sair do elevador...vai que ele é mágico... =0)
Mas não se engane! Há momento para tudo! É há momentos na vida em que temos que tomar o rumo contrário, pegar o elevador social!!! É ... assim, mesmo que não queira você tem de se encarar (como no elevador social....vc fica se olhando o tempo inteiro no espelho-ñ dá p/ fugir), encarar os problemas de frente, há momentos em que não dá p/ ter idéias novas, pois é preciso resolver antigas pendências primeiro.
Bom, sei que o meu momento é esse e tô aproveitando o máximo possível...Cuidado antes de me julgar ociosa, hein!!! rsrsrrss =) é assim que nascem as melhores idéias!!!

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Poesia numa hora dessas !?!?




Quem Sabe?



Diz a mecânica quântica
que as partículas atômicas
se comportam de um jeito
quando são observadas
e de outro quando estão sós
(como, aliás, todos nós).

E quem nos assegura
que o Universo que está aí
não é como aí está
quando ninguém está olhando?
E que quando os astrônomos
se viram do telescópio para a prancheta
o Universo não faz uma careta?

O corpo e a mente
têm biografias separadas,
cada um sua memória própria,
seu próprio jogo de charadas.
Meu corpo tem lembranças
- cheiros, tiques, andanças -
que a mente não registrou
e o corpo não tem as marcas
de metade do que a mente passou

(Pior que uma mente insana
num corpo sem muito assunto
é um corpo que já foi ao Nirvana
sem que a mente tenha ido junto.)

Cada um tem um passado
do qual o outro não tem pista
(como um bilhete amassado)
e nem o Mahabharata
explica uma mente anarquista
num corpo socialdemocrata.

Compartilham bioplasmase o gosto por certas atrizes,mas não tem os mesmos fantasmasnem as mesmas cicatrizes.

Das duas, uma, gente: ou toda mente é de outro corpo - ou todo corpo mente.

Luís Fernando Veríssimo

Discurso

DISCURSO QUE O PUBLICITÁRIO NIZAN GUANAES FEZ NA FORMATURA DA FAAP

"Dizem que conselho só se dá a quem pede. E, se vocês me convidaram para paraninfo, sou tentado a acreditar que tenho sua licença para dar alguns. Portanto, apesar da minha pouca autoridade para dar conselhos a quem quer que seja, aqui vão alguns, que julgo valiosos.

Não paute sua vida, nem sua carreira, pelo dinheiro. Ame seu ofício com todo coração. Persiga fazer o melhor. Seja fascinado pelo realizar, que o dinheiro virá como conseqüência. Quem pensa só em dinheiro não consegue sequer ser nem um grande bandido, nem um grande canalha.

Napoleão não invadiu a Europa por dinheiro. Hitler não matou 6 milhões de judeus por dinheiro. Michelangelo não passou 16 anos pintando a Capela Sistina por dinheiro. E, geralmente, os que só pensam nele não o ganham. Porque são incapazes de sonhar.

E tudo que fica pronto na vida foi construído antes, na alma. A propósito disso, lembro-me uma passagem extraordinária, que descreve o diálogo entre uma freira americana cuidando de leprosos no Pacífico e um milionário texano. O milionário, vendo-a tratar daqueles leprosos, disse: "Freira, eu não faria isso por dinheiro nenhum no mundo." E ela responde: "Eu também não, meu filho".

Não estou fazendo com isso nenhuma apologia à pobreza, muito pelo contrário. Digo apenas que pensar em realizar tem trazido mais fortuna do que pensar em fortuna.

Meu segundo conselho: pense no seu País. Porque, principalmente hoje, pensar em todos é a melhor maneira de pensar em si. Afinal é difícil viver numa nação onde a maioria morre de fome e a minoria morre de medo. O caos político gera uma queda de padrão de vida generalizada. Os pobres vivem como bichos, e uma elite brega, sem cultura e sem refinamento, não chega viver como homens. Roubam, mas vivem uma vida digna de Odorico Paraguassu. Que era ficção, mas hoje é realidade, na pessoa de Geraldo Bulhões, Denilma e Rosângela, sua concubina. Meu terceiro conselho vem diretamente da Bíblia: seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito. É exatamente isso que está escrito na carta de Laudiceia: seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito.

É preferível o erro à omissão. O fracasso, ao tédio. O escândalo, ao vazio. Porque já vi grandes livros e filmes sobre a tristeza, a tragédia, o fracasso. Mas ninguém narra o ócio, a acomodação, o não fazer, o remanso. Colabore com seu biógrafo. Faça, erre, tente, falhe, lute. Mas, por favor, não jogue fora, se acomodando, a extraordinária oportunidade de ter vivido. Tendo consciência de que, cada homem foi feito para fazer história. Que todo homem é um milagre e traz em si uma revolução. Que é mais do que sexo ou dinheiro.

Você foi criado, para construir pirâmides e versos, descobrir continentes e mundos, e caminhar sempre, com um saco de interrogações na mão e uma caixa de possibilidades na outra. Não use Rider, não dê férias a seus pés. Não sente-se e passe a ser analista da vida alheia, espectador do mundo, comentarista do cotidiano, dessas pessoas que vivem a dizer: eu não disse!, eu sabia!
Toda família tem um tio batalhador e bem de vida. E, durante o almoço de domingo, tem que agüentar aquele outro tio muito inteligente e fracassado contar tudo que ele faria, se fizesse alguma coisa. Chega dos poetas não publicados. Empresários de mesa de bar. Pessoas que fazem coisas fantásticas toda sexta de noite, todo sábado e domingo, mas que na segunda não sabem concretizar o que falam. Porque não sabem ansear, não sabem perder a pose, porque não sabem recomeçar. Porque não sabem trabalhar. Eu digo: trabalhem, trabalhem, trabalhem. De 8 às 12, de 12 às 8 e mais se for preciso. Trabalho não mata. Ocupa o tempo. Evita o ócio, que é a morada do demônio, e constrói prodígios.

O Brasil, este país de malandros e espertos, da vantagem em tudo, tem muito que aprender com aqueles trouxas dos japoneses. Porque aqueles trouxas japoneses que trabalham de sol a sol construíram, em menos de 50 anos, a 2ª maior megapotência do planeta.Enquanto nós, os espertos, construímos uma das maiores impotências do trabalho. Trabalhe! Muitos de seus colegas dirão que você está perdendo sua vida, porque você vai trabalhar enquanto eles veraneiam. Porque você vai trabalhar, enquanto eles vão ao mesmo bar da semana anterior, conversar as mesmas conversas, mas o tempo, que é mesmo o senhor da razão, vai bendizer o fruto do seu esforço, e só o trabalho lhe leva a conhecer pessoas e mundos que os acomodados não conhecerão. E isso se chama sucesso."

quarta-feira, 16 de julho de 2008

SUCESSO



Roberto Shinyashiki, em uma entrevista à respeito de seu livro "Heróis de Verdade" disse algumas palavras que só hoje fazem sentido pra mim. Essas palavras eu li em março do ano passado, recebi do meu pai e não entendi muito...precisei ver essas palavras fazerem sentido na minha vida. E hoje, quero que todos vocês saibam o que é o verdadeiro SUCESSO.


A sociedade ensina que, para ser uma pessoa de sucesso você precisa ser diretor de uma multinacional. Mas não. É importante que o filho da moça que trabalha de doméstica possa sentir orgulho da mãe. O mundo precisa de pessoas mais simples e transparentes.


Por ex.: Uma pergunta estúpida feita por um presidente de uma multinacional no programa 'O Aprendiz':

- Qual é seu defeito?

Todos responderam:

- É não pensar na vida pessoal. Eu mergulho de cabeça na empresa.

(É contratado quem é bom em mentir, em fingir.)


HERÓIS DE VERDADE SÃO AQUELES QUE TRABALHAM PARA REALIZAR SEUS PROJETOS DE VIDA, E NÃO PARA IMPRESSIONAR OS OUTROS.


Temos um modelo de gestão que premia essas pessoas, as mal preparadas. Cria pessoas arrogantes.

Muitas equipes precisam de motivação, mas o maior problema no país é a competência.


CUIDADO COM OS BURROS MOTIVADOS.

Há muita gente motivada fazendo besteira. Não adianta você assumir uma função para a qual não está preparado.


Não que falte auto-estima, mas a verdadeira auto-estima. Aquela honestidade que me permite ver até onde" sou" de verdade e onde começa o "pareço ser". Se eu preciso que os outros me digam que eu sou boa, minha auto-estima não está realmente alta.


Antes, o "ter" conseguia substituir o "ser". O cara mal-humorado dava uma gorjeta alta e conquistava o respeito do garçom. Hoje, a vida se tornou "parecer". As pessoas parecem ter dinheiro, parecem se amar e parecem estar satisfeitas. Mas falta o principal: FELICIDADE.


Felicidade não é uma meta, é um estado de espírito.
Não espere alcançar algo para ser feliz. Seja agora, tendo o que tanto deseja ou não.


Existem 4 loucuras na sociedade atual (e nas grandes empresas) que nos afasta da felicidade:

1°- Instituir que todos tem de ter sucesso, como se ele - o sucesso - não tivesse significado individual.

2°- Você tem de estar alegre todos os dias.

3°- Você tem de comprar tudo o que puder.

4°- Você tem que fazer as coisas do jeito certo.

Não existe jeito certo! Existe o meu e o seu jeito de fazer as coisas.


A gente não é super-herói e nem super-fracassado. A gente erra, acerta, tem dias tristes e dias alegres. Nada de anormal nem de errado nisso. Quem não entende isso é que está errado.


Compreendi 3 grandes fraquezas minhas e tenho trabalhado nelas. Foi preciso muita humildade para admitir isso e é só por já tê-las identificado que posso hoje abrí-las pra vocês:

- Precisar de aplauso;

- precisar me sentir amada;

- buscar segurança.

Entendi que a responsabilidade pela minha própria vida e meu sucesso individual é minha! A segurança eu encontro em mim, o amor tem que começar por mim e o aplauso nem sempre vem. E, se eu conseguir as 2 primeiras o aplauso nem será tão importante.


Há uma passagem na Bíblia que eu gosto muito que me diz: "Quando sou fraco é que sou forte, porque a sua graça me basta." (2 Coríntios 12:1-10) E é nisso que tenho me bastado: na graça de Deus. O legal é que ela nos é dada sem mérito algum, e isso me livra de querer fazer algo para merecê-la. Já que, nada que eu fizer será o bastante. É preciso muita humildade também, para receber.


RECEBA VOCÊ TAMBÉM...O SUCESSO VEM DE DEUS E A VITÓRIA, POR INTERMÉDIO DELE.



sábado, 12 de julho de 2008

Após o "poli"-traumatismo...

A VOLTA

Dei a volta por cima.

Contornei minhas fraquezas,
me vesti de outras certezas,
e volto cheia de aurora,
um ramo de sol na mão.

Compreendi que ainda é tempo.
De praticar a esperança,
compartilhar a mudança
que o mundo pede mudar.

Escolhi ser a verdade.
Ainda que pouca e falha,
não importa o quanto eu valha:
tenho a bandeira do amor.

Volto cantando esse canto
que aprendi na minha infância,
que diz que não há distância
que o caminhar não alcance.

Mas venho, mesmo, à procura,
nessa canoa que sou,
daquele rio que ficou,
perdido dentro de mim.


(ISSO DEFINE T-U-D-O!!!)

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Você tem valor pra Deus.


Você tem valor para Deus
2 Samuel 12:1-9
Salmo 51

Parece existir uma lei onde o desejo determina um valor, pois muitas vezes há mais demanda do que oferta. Ex. uma cadeira no culto lotado é muito valoroso.
Quando algo tem muito valor, se apossa de grande parte do nosso coração, pois pensamos naquilo o tempo todo.
Muitas vezes nos tornamos até chatos, porque falamos o tempo todo naquilo e de como aquilo é importante na nossa vida. Esse algo se torna explosivo, se torna de grande valor.

Com Deus não é diferente. Você sabe o valor que você tem para o Senhor? Você vale mais que o mundo inteiro.

Nada é mais precioso para um pai do que o filho. Nada é mais precioso para Deus do que Jesus.

Deus comprou sua vida e o preço foi Jesus. Quando Deus entregou Jesus para comprar sua vida, Ele sabia que você valia a pena e que você tinha valor. Há muito valor em sua vida!

Salmo 47:8
“Deus reina sobre os gentios; Deus se assenta sobre o trono da sua santidade.”
Ninguém pode comprar a redenção de ninguém; só o sangue do Cordeiro derramado na cruz pode te comprar.
O quanto a presença de Deus vale para você? O que você está disposto a fazer por ela? O quanto você está disposto?

2 Samuel 12:1-9
Davi comete um erro e tenta enganar sua nação. Como ele não se arrepende, Deus envia o profeta Natã para mostrar a Davi seu erro.

O profético entra confrontando: é uma palavra dura, pois mostra o erro. Natã mostra para Davi que o pecado dele era conhecido por Deus.
Davi amava a Deus e sua presença; por causa desse amor ele se sujeita a esse profeta e declara que pecou contra o Senhor e se arrepende.
Davi era rei de Israel e tinha poder para mandar matar o profeta Natã, por se sentir ameaçado com a sua revelação. Mas ele se arrependeu e escutou o profeta.

Essa passagem nos traz uma lição: NÃO MATE O PROFETA.

Deus vai usar o profeta para te confrontar. Seu pecado foi perdoado, mas você precisa confessar.
Porém existem pessoas que não querem se sujeitar à disciplina, pessoas que não querem ser confrontadas no seu pecado.
O profético ensina, mostra o erro, leva ao arrependimento e à confissão do pecado.
Davi se submeteu, pois amava a presença de Deus.
Se o profético mostrou seu pecado, se acerte!
Davi, após ouvir o que o profeta Natã falava, faz uma oração de restauração de sua aliança.
Veremos, versículo após versículo, como foi essa oração de Davi.

Salmo 51:1
“Tem misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias.”
Nesse versículo Davi apela para a misericórdia de Deus. O Senhor tem poder para perdoar.
Muitas pessoas não têm ouvido a voz de Deus.

Lucas 1:50
“E a sua misericórdia é de geração em geração sobre os que o temem.”
Os que temem a Deus têm a Sua misericórdia. Só não há misericórdia para quem perde o temor.

Davi estava clamando para que Deus apagasse suas transgressões, suas sentenças. Ele reconhece que Deus é misericordioso.

Salmo 51:2-4
“Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares.”
Assuma sua culpa!
Davi orou declarando sua culpa, ele não transferiu a responsabilidade para ninguém.
Se você ama a Deus não consegue viver se estiver em pecado.
Muitas pessoas se afastam porque erram e fogem da Igreja.
Não tem como pecar e estar bem com Deus. O peso do pecado produz o verdadeiro arrependimento.

Salmo 51:5
“Eis que em iniqüidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe.”
Deus conta com as suas falhas!
Davi reconhece que foi gerado numa natureza pecaminosa, e sabe que é passivo de falha. Muitos não querem assumir o erro por vergonha.
Ele queria a presença de Deus. O Senhor contava com as falhas de Davi; e mesmo assim ele se apresenta diante do Deus e confessa seu pecado.

Salmo 51:6
“Eis que amas a verdade no íntimo, e no oculto me fazes conhecer a sabedoria.”
A verdade liberta!
Davi sabia que só a verdade poderia libertá-lo e transformá-lo. Ele traz à luz o que estava em oculto.
A verdade e a libertação andam de mãos dadas.

Salmo 51:7-9
“Purifica-me com hissope, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve.
Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que gozem os ossos que tu quebraste. Esconde a tua face dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniqüidades.”
Devemos clamar para o Senhor lavar as nossas vestes!
Davi sabia que só a verdade podia trazer o perdão.
Ele clama por purificação. Puro, limpo, leve, transformado — que sensação maravilhosa!
Lembre-se que triste é o resultado daquele que escolhe o caminho da manipulação, do pecado.

Existe restauração para a sua vida!

Salmo 51:10
“Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto.”
Se abra para ser transformado.
Ter um coração puro não pode ser resultado da força natural.
Como o Senhor criou céus e a terra, Ele cria em nós um coração puro porque sozinhos não conseguimos isso.
Criar = chamar à existência aquilo que não existe.

Salmo 51:11
“Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo.”
Priorize a presença de Deus.
Quanto a aliança de Deus vale para você?
Quanto vale a presença de Deus para você?
Quando você se quebranta, tudo à sua volta muda.

Salmo 51:12
“Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.”
Uma pessoa que escolhe viver a vida cristã sem arrependimento perde a alegria da salvação. Peça para Deus devolver a alegria da salvação que foi roubada pelo pecado, pois ele te aprisiona e o transforma num cristão triste.
A alegria não depende de circunstâncias; somos felizes porque somos salvos.

Salmo 51:13
“Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão.”
Restauração ministerial – quando você se arrepende e se conserta com Deus, você pode ter um ministério legítimo e eficaz.
Ele declara que, depois de restaurado, irá ensinar os caminhos do Senhor para aqueles que não conhecem.
Como vou ensinar vitória se ainda não venci?
Como vou ajudar se preciso ser ajudado?

Salmo 51:15
“Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca entoará o teu louvor.”
Abra seus lábios!
O homem que escolhe o caminho da verdade recebe um cântico novo do Senhor.

Salmo 51:16-17
“Pois não desejas sacrifícios, senão eu os daria; tu não te deleitas em holocaustos. Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.”
O homem que se conserta com Deus recebe entendimento. O Senhor quer a sua sinceridade.

Salmo 51:18
“Faze o bem a Sião, segundo a tua boa vontade; edifica os muros de Jerusalém.”
Uma pessoa que esconde o pecado destrói seus muros, fica sem proteção, vulnerável.

Salmo 51:19
“Então te agradarás dos sacrifícios de justiça, dos holocaustos e das ofertas queimadas; então se oferecerão novilhos sobre o teu altar.”
Deus se agrada de você. Então sua adoração, sua oferta e você serão aceitos.

Nesses dias a Igreja tem subestimado o poder do pecado. Muitos estão escondendo seus pecados como se fosse algo pequeno; mas o tempo não apaga o pecado, o que apaga é a confissão a Deus.
Você faz parte da geração eleita, povo escolhido, guerreiro(a) do Senhor; por isso esses conceitos precisam entrar como flecha no seu coração.

Seja verdadeiro, traga a luz para a sua vida e saiba que você tem um grande valor para Deus.

Deus abençoe

Ap. Rina

Meu grande sonho...ainda não desisti!!


A mente é como um pára-quedas, só funciona se estiver aberto!


Com Amor...


Essa é um homenagem romântica (como não poderia deixar de ser) à vc, Asdrú...afinal, tem me aturado há tanto tempo e, com vc realmente meu medo vai embora... TE AMO!


Teu olhar é uma luz no fim do túnel

Teu sorriso é sossego

Teu abraço é calor no fim de junho

Teu colo, meu aconchego

Eu me esqueço em seus braços

Se deixar nem me lembro... meu tempo, meu espaço

Meu mais seguro esconderijo

Teu olhar meu mundo protegido, protegido...

Meu medo vai embora se você, se você me olha

Meu medo vai embora quando você me olha!


PS: Letra da música "Quando você me olha", da Luciana Mello.

Estréia

Este é um texto de estréia, que abre meu blog e inicia uma jornada de autoconhecimento e desabafos da vida... (rsrsrsrsrs)

Ainda estou fuçando tudo, conhecendo as funções...mas prometo fazer desta uma página bem criativa, divertida e interativa, ok!
Todo mundo sempre insistiu pra que eu fizesse uma conta no Orkut e eu sempre negando...até que me rendi! Acontece que blog é diferente. Pretendo usá-lo como diário, colocar nele minhas impressões, sentimentos e não ver o dos outros. Aqui não sou obrigada a dizer aquilo que não quero, só o que vem na mente...e é disso que gosto: liberdade.
Usarei em minhas referências alguns codinomes (óbvios p/ quem me conhece) se vc não conhece é pq não é p/ vc saber mesmo, oK!
- Desculpem o transtorno, mas estamos em obras para melhor atendê-lo...=)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...