segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Gente que se ama demais

Já viu isso?
Não são tão difíceis de se identificar, mas podem ser confundidas com pessoas seguras, bem resolvidas, descoladas. Mas não se engane, no meio desses tipos há um tipo muito mais perigoso: as pessoas que se amam demais.

Esse tipo de pessoa não agradece por alguma gentileza, não reconhece as coisas boas que ocorrem ao seu favor ou, se reconhecem, não acham nada demais. Elas se julgam mais importantes que TODAS as outras, mas elas também amam. Eu acho.
E isso deve ser duro, porque, quem se ama mais do que todos os outros, deve ter problemas para se relacionar afetivamente.
Na mesma mão do "temos que nos amar primeiro, para depois amar os outros", também tem o saber amar e transmitir esse sentimento à pessoa amada. Afinal, amor está relacionado ao altruísmo, empatia, amizade, afeto, desejar o bem.
Quem ama de verdade, quer o bem do ser amado, quer o melhor para ele, quer vê-lo feliz. E aí é que está a diferença: querer fazer alguém feliz X querer ser feliz (a qualquer custo).
Ciúme, mentira e inveja são sentimentos que vemos comumente nos casais e que nada tem a ver com amor. Não com o verdadeiro amor.
Eu sempre concordei que "amor não se mede", então é complicado falar em quantidades: "amar mais que" ou "amar menos que"...mas existem esses casos, em que a pessoa faz questão de se colocar sempre em 1° lugar, e só vê os seus interesses, os seus desejos, as suas necessidades.
Acho importante demais a gente se amar, se curtir, saber se valorizar e buscar a própria felicidade. Não me entendam mal. Mas também acho que não é feio, brega, nem sinal de rebaixamento demonstrar amor aos outros, se esforçar pela felicidade do outro.
Feio é: se inflar demais e não encontrar nunca, ninguém bom o suficiente para te amar. Porque assim, você nunca será feliz, e nem terá a felicidade de fazer alguém feliz também. ;)
Hoje a minha oração é:
"Deus, me faça amar-me como sou, com minhas qualidades e defeitos, do jeitinho que sou, mas não me permita amar-me demais, a ponto de menorizar as pessoas amadas por mim também, para que eu possa transmitir esse amor e poder recebê-lo, também. E me permita a experiência diária de ser feliz, fazendo as pessoas à minha volta felizes."
E vocês, o que acham??

5 comentários:

Simony disse...

Eu gostaria de saber se vc retribuiu a minha visita,não recordo de vc aqui...bjs
http://simonebastos2007.blogspot.com/

amopesto disse...

Adorei! Beijo

Ale

Dea disse...

Adorei!!
Conheço tanta gente assim :(
Beijoss

Ericka Rocha disse...

Se amar de menos é um problemão, mas ter um ego maior que o universo... É NOCIVO. E triste tb. Tenho pra mim que a pessoa se ama dessa forma pq não sabe reconhecer o amor de verdade...

Um bjo, ÓTIMO post!

Nina Lopes disse...

Amo seu blog!
Esse post foi demais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...