domingo, 26 de dezembro de 2010

Natalzisses

P: - Você não vai escrever sobre o Natal no seu blog?
R: - Oi?

Eu respondo com esta pergunta em 3 situações:

1- Quando não entendi o que a pessoa disse

2- Quando quero tirar uma com a cara dela

3- Quando quero fugir do assunto


Neste caso se aplicou a situação n°2.

Tipo, passou o Natal e a web foi recheada de e-mails com promoções, cartões e mensagens de amigos - e nem tão amigos assim - desejos de um feliz natal, de paz, de amor, de alegria, de comilança etc. A blogosfera também, templates temáticos, neves caindo e chapeuzinho de papai noel em cima das logomarcas.

Bom, se alguém quer saber o que eu acho, direi: eu amo o Natal. Por diversas razões e tentarei explicar.

Tudo indica que não foi no dia 25/dez que o filho de Deus veio ao mundo em forma de homem. Mas isso, para mim, é o de menos. Acho importante lembrarmos dessa data, recontar esta história e tudo o mais. Também penso que toda a simbologia que adotamos nos conduz a um erro que distorce a intenção toda da coisa.

Não ridicularizo e condeno quem não comemora ou não curte o Natal. Eu entendo. E, pessoalmente, acho triste. Crer que Jesus nasceu para nos salvar é ter a certeza de ser amado por Deus, é ter a esperança de um futuro, da vida eterna, da cura, da libertação, do perdão e da comunhão.

Bom, isso é muito pessoal e profundo.

Superficialmente, o Natal é um feriado, no verão, com comilança, presentes, família reunida etc. Aí que mora o perigo.
Achei uma tirinha no blog Karapuça que traduz exatamente o que me incomoda: a "deuzificação" (acho que inventei essa palavra agora) do papai noel.

Deus não é seu garçom e Ele não te deve nada. Ele não tem que te dar nada, mais do que já deu (é impossível!).

Dar presente é um lance muito delicado, porque tem toda a regra imposta pela política da boa-vizinhança e a pseudo-educação que o mundo adulto exige. Tipo, se você recebe um presente de alguém, ou sabe, ou até mesmo desconfia, que alguém vai te dar um presente, você se sente na obrigação de dar um presente também.

Acho legal dar e receber presente quando você está com vontade, dinheiro, disposição e inspiração para isso. Me lembro de quando trabalhava no shopping, essa era a melhor época para se trabalhar. As pessoas compram qualquer coisa, compram por comprar. Era assim:

- Tem tal coisa?

- Não tem da voltagem/cor/tamanho que você quer.

- Tudo bem, eu levo o da voltagem/cor/tamanho que tiver. Ou qualquer coisa de X reais.

Tipo, dane-se se o presenteado irá gostar. O importante é fazer o seu papel e dar qualquer coisa. Nem precisa dizer que isso é hipocrisia da mais original e lazarenta (como diz meu irmão) que existe.

O "aniversário" não é meu. Nem seu!

Também me incomoda um pouco (muito pouco) os desejos de feliz natal, paz, amor e felicidade que vem daquelas pessoas que sabemos que não nos desejam isso de verdade. Pelo menos não mostram isso ao longo do ano todo, sabe?

Bom, era pra dizer o porquê gosto do Natal, ? :)

Além da comida (panettone, fio de ovos, pavê gelado, frutas diferentes e castanhas) e do feriado em si, eu gosto também de rever os amigos (aqueles que há tempos não vemos e nem por isso deixam de ser amigos, esses valem a pena!), gosto de ficar até tarde acordada jogando cartas com minha família (mesmo com todos os problemas que temos), de ver a alegria estampada no rosto e na atitude do meu marido (esse sim, é louco por Natal!) e de poder falar de Jesus e ser ouvida pelo menos 1 vez no ano.

ELE TE AMA E NASCEU PARA TE LIBERTAR! ELE MORREU PARA QUE NÓS VIVÊSSEMOS! E POR ISSO HÁ ESPERANÇA, O PERDÃO É PARA TODOS OS QUE NELE CRÊEM!

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu único filho, para que todo aquele que nele crê não morra, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)

2 comentários:

Fernanda Valente disse...

Adorei seu blog. Realmente tudo o que você escreveu é verdade! Eu penso que devemos honrar Jesus todos os dias das nossas vidas...
A hipocrisia existe em todos os lugares, mas creio que existem pessoas sinceras ainda.
um beijão no coração

Fran disse...

Amei... falou tudo. concordo plenamente...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...